public marks

PUBLIC MARKS from tadeufilippini with tag cultura

This year

Arthur Rimbaud – Wikipédia, a enciclopédia livre

(via)
Arthur Rimbaud Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Question book-4.svg Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2010). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido. —Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico) Arthur Rimbaud Carjat Arthur Rimbaud 1872 n2.jpg Rimbaud aos 17 anos, retratado por Étienne Carjat, provavelmente em dezembro de 1871 Nome completo Jean-Nicolas Arthur Rimbaud Nascimento 20 de outubro de 1854 Morte 10 de novembro de 1891 (37 anos) Nacionalidade França Francês Influências Lista [Expandir] Influenciados Lista [Expandir] Gênero literário Romance e Drama Movimento literário Simbolismo Magnum opus Uma Temporada no Inferno Jean-Nicolas Arthur Rimbaud (Charleville, 20 de outubro de 1854 — Marselha, 10 de novembro de 1891) foi um poeta francês.[1] Produziu suas obras mais famosas quando ainda era adolescente sendo descrito por Paul James, à época, como "um jovem Shakespeare". Como parte do movimento decadente, Rimbaud influenciou a literatura, a música e a arte modernas. Era conhecido por sua fama de libertino e por uma alma inquieta, viajando de forma intensiva por três continentes antes de morrer de câncer aos 37 anos de idad

Dalton Trevisan – Wikipédia, a enciclopédia livre

(via)
Dalton Trevisan Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Dalton Trevisan Gold Medal.svg Nome completo Dalton Jérson Trevisan Nascimento 14 de junho de 1925 (92 anos) Curitiba Nacionalidade brasileiro Ocupação Escritor Prêmios Prémio Jabuti de Literatura (1960, 1965, 1995 e 2011) Prémio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (1976) Prêmio Portugal Telecom de Literatura (2003) Prêmio Literário da Fundação Biblioteca Nacional (2008, 2015) Prêmio Camões (2012) Prêmio Machado de Assis (2012) Prêmio do Negrinho (2013) Magnum opus Novelas nada Exemplares Procurar imagens disponíveis Dalton Jérson Trevisan (Curitiba, 14 de junho de 1925) é um escritor brasileiro, famoso por seus livros de contos, especialmente O Vampiro de Curitiba (1965), e por sua natureza reservada.[1] Índice

Rubem Fonseca – Wikipédia, a enciclopédia livre

(via)
José Rubem Fonseca (Juiz de Fora, 11 de maio de 1925) é um contista, romancista, ensaísta e roteirista brasileiro. Ele precisou publicar dois ou três livros para ser consagrado como um dos mais originais prosadores brasileiros contemporâneos. Com suas narrativas velozes e sofisticadamente cosmopolitas, cheias de violência, erotismo, irreverência e construídas em estilo contido, elíptico, cinematográfico, reinventou entre nós uma literatura noir', ao mesmo tempo clássica e pop, brutalista e sutil. É formado em Direito, tendo exercido várias atividades antes de dedicar-se inteiramente à literatura. Em 2003, venceu o Prémio Camões,[1] o mais prestigiado galardão literário para a língua portuguesa.

2010

O Livreiro (olivreiro) on Twitter

* Name O Livreiro * Location Brasil * Web http://www.olivre... * Bio A rede social para quem gosta de ler. 2,686 Following 5,145 Followers 350 Listed olivreiro

Casa de Barro (casa_de_barro) on Twitter

* Name Casa de Barro * Location Brasil * Web http://casadebarr... * Bio A cultura é uma ferramenta indispensável para a formação de qualquer cidadão. casa_de_barro 64 Following 44 Followers 4 Listed * 49

Instituto Paulo Freire :: Notícias

Direitos autorais na educação 09/03/2010 - Observatório da Educação Gestores, organizações da sociedade civil, pesquisadores e educadores debaterão a reforma da lei de direitos autorais no Seminário O Direito à Educação e a reforma da lei de Direitos Autorais, dia 13 de março, em São Paulo. Consulta pública deve ser lançada ainda este mês. As tecnologias digitais ampliaram consideravelmente as possibilidades de acesso à informação e ao conhecimento e têm entusiasmado educadores, pesquisadores e estudantes no debate sobre a incorporação desses recursos na escola para melhorar a qualidade da educação. No entanto, a legislação de direitos autorais em vigor apresenta restrições ao pleno desenvolvimento dos processos educativos. A Lei de Direitos Autorais (a chamada LDA, lei 9.610, de 1998) não permite que músicas, filmes, fotos, cópias de textos – mesmo aqueles que estão fora de circulação comercial – sejam usados para fins didáticos e educacionais. Escolas e universidades, assim como organizações não-governamentais que trabalham com atividades de formação, estão sujeitas a esses limites.

Encontro Livre (encontrolivre) on Twitter

(via)
encontrolivre * Name Encontro Livre * Location Recife/PE * Web http://encontroli... * Bio Evento realizado na Livraria Cultura Paço Alfândega, em Recife/PE, nos dias 10, 11 e 12 de março. 168 Following 166 Followers 11 Listed * 275Tweets * Favorites Actions

II Encontro Livre – Disseminando Cultura e Conhecimento

Notícias[-] Palestras disponíveis para download Você não participou do evento? Compareceu mas gostaria de rever aquela palestra bacana? Clique aqui e baixe agora as apresentações! Depoimento e slides da Palestra sobre Python, por Marcel Caraciolo Olá pessoal, este post é para falar sobre a minha palestra no II Encontro Livre realizada na Livraria Cultura, quinta-feira passada com o tema “Conhecendo Python e por que ele importa?”. Primeiramente, gostaria de agradecer a todos os presentes, admito que fiquei extasiado ao ver o auditório cheio de pessoas. Isso me levou a acreditar [...]

2009

Mbaraka

folha de são ( sao ) paulo >>>segunda-feira ( segunda ) 19 de outubro de 2009 página pagina E3 ( e3) : ' MIS faz lançamento de revista de música hoje '...diz paulo markun

Tudo o que é Sólido Pode Derreter

(via)
Tudo que é sólido pode derreter Acompanhe as aventuras de Thereza e seus amigos nesta divertida crônica juvenil recheada de emoção, descobertas e livros...muitos livros.

2008

Antologia Poetica de Bertolt Brecht

(via)
Aos que virão depois de nós I Eu vivo em tempos sombrios. Uma linguagem sem malícia é sinal de estupidez, uma testa sem rugas é sinal de indiferença. Aquele que ainda ri é porque ainda não recebeu a terrível notícia. Que tempos são esses, quando falar sobre flores é quase um crime. Pois significa silenciar sobre tanta injustiça? Aquele que cruza tranqüilamente a rua já está então inacessível aos amigos que se encontram necessitados? É verdade: eu ainda ganho o bastante para viver. Mas acreditem: é por acaso. Nado do que eu faço Dá-me o direito de comer quando eu tenho fome. Por acaso estou sendo poupado. (Se a minha sorte me deixa estou perdido!) Dizem-me: come e bebe! Fica feliz por teres o que tens! Mas como é que posso comer e beber, se a comida que eu como, eu tiro de quem tem fome? se o copo de água que eu bebo, faz falta a quem tem sede? Mas apesar disso, eu continuo comendo e bebendo. Eu queria ser um sábio. Nos livros antigos está escrito o que é a sabedoria: Manter-se afastado dos problemas do mundo e sem medo passar o tempo que se tem para viver na terra; Seguir seu caminho sem violência, pagar o mal com o bem, não satisfazer os desejos, mas esquecê-los. Sabedoria é isso! Mas eu não consigo agir assim. É verdade, eu vivo em tempos sombrios! II Eu vim para a cidade no tempo da desordem, quando a fome reinava. Eu vim para o convívio dos homens no tempo da revolta e me revoltei ao lado deles. Assim se passou o tempo que me foi dado viver sobre a terra. Eu comi o meu pão no meio das batalhas, deitei-me entre os assassinos para dormir, Fiz amor sem muita atenção e não tive paciência com a natureza. Assim se passou o tempo que me foi dado viver sobre a terra. III Vocês, que vão emergir das ondas em que nós perecemos, pensem, quando falarem das nossas fraquezas, nos tempos sombrios de que vocês tiveram a sorte de escapar. Nós existíamos através da luta de classes, mudando mais seguidamente de países que de sapatos, desesperados! quando só havia injustiça e não havia revolta. Nós sabemos: o ódio contra a baixeza também endurece os rostos! A cólera contra a injustiça faz a voz ficar rouca! Infelizmente, nós, que queríamos preparar o caminho para a amizade, não pudemos ser, nós mesmos, bons amigos. Mas vocês, quando chegar o tempo em que o homem seja amigo do homem, pensem em nós com um pouco de compreensão.

teatro cosipa cultura

os 84 anos e mais de meio século de profissão, a atriz CLEYDE YÁCONIS estréia dia 5 de abril, sábado, o espetáculo O CAMINHO PARA MECA, dirigida por Yara de Novaes e abrindo a temporada teatral do Teatro Cosipa Cultura. No palco, Cleyde estará ao lado de Lúcia Romano (Prêmio Shell 2007) e de Cacá Amaral. No espetáculo Helen (personagem de Cleyde Yáconis) recebe a visita da amiga Elsa (Lucia Romano), admiradora de suas obras, e também do pastor local (Cacá Amaral), que se preocupa com sua ausência na igreja e na pequena vila. Por meio desses encontros, discute-se a vida, a solidão, o talento, o racismo, as dificuldades da idade, a amizade e a confiança das personagens. Mais ... INGRESSOS