public marks

PUBLIC MARKS from tadeufilippini with tags virtual & ubuntu

2009

Solucionando Problemas com o Teclado Virtual do Banco do Brasil no Ubuntu | Linux para Todos

* Home * Enviar Noticias * Artigos * Distribuições * Do Windows para o Linux Linux para Todos - O maior portal sobre Linux do Brasil! msgbartop msgbarbottom 26 Oct 09 Solucionando Problemas com o Teclado Virtual do Banco do Brasil no Ubuntu Caso você esteja utilizando uma versão diferente da provida pela Sun do Java e utilize o Banco do Brasil, você ja deve ter tido dificuldades com o site do mesmo, visto que o teclado virtual apenas funciona na versão do Java da Sun. Porém, isso pode ser resolvido de um jeito muito fácil em apenas 3 comandos! Os mesmos devem ser rodados no Terminal que pode ser encontrado em “Aplicativos -> Acessórios -> Terminal” sudo aptitude install sun-java6-bin sun-java6-fonts sun-java6-jre sun-java6-plugin Isso irá instalar a Maquina Virtual Java da Sun. Logo após isso rode o comando: update-java-alternatives -l O terminal irá imprimir algo parecido com isso: java-6-openjdk 1061 /usr/lib/jvm/java-6-openjdk java-6-sun 63 /usr/lib/jvm/java-6-sun Execute o comando à seguir. sudo update-java-alternatives -s java-6-sun Qualquer problema, verifique se o nome no comando acima é o mesmo que aparece ao rodar o comando update-java-alternatives -l Este guia foi baseado em uma pagina de ajuda do Ubuntu. O link pode ser encontrado aqui para maiores detalhes: Ubuntu Help Java

Linux para Todos

(via)
26 Oct 09 Solucionando Problemas com o Teclado Virtual do Banco do Brasil no Ubuntu * Home * Enviar Noticias * Artigos * Distribuições * Do Windows para o Linux Linux para Todos - O maior portal sobre Linux do Brasil! msgbartop msgbarbottom 26 Oct 09 Solucionando Problemas com o Teclado Virtual do Banco do Brasil no Ubuntu Caso você esteja utilizando uma versão diferente da provida pela Sun do Java e utilize o Banco do Brasil, você ja deve ter tido dificuldades com o site do mesmo, visto que o teclado virtual apenas funciona na versão do Java da Sun. Porém, isso pode ser resolvido de um jeito muito fácil em apenas 3 comandos! Os mesmos devem ser rodados no Terminal que pode ser encontrado em “Aplicativos -> Acessórios -> Terminal” sudo aptitude install sun-java6-bin sun-java6-fonts sun-java6-jre sun-java6-plugin Isso irá instalar a Maquina Virtual Java da Sun. Logo após isso rode o comando: update-java-alternatives -l O terminal irá imprimir algo parecido com isso: java-6-openjdk 1061 /usr/lib/jvm/java-6-openjdk java-6-sun 63 /usr/lib/jvm/java-6-sun Execute o comando à seguir. sudo update-java-alternatives -s java-6-sun Qualquer problema, verifique se o nome no comando acima é o mesmo que aparece ao rodar o comando update-java-alternatives -l Este guia foi baseado em uma pagina de ajuda do Ubuntu. O link pode ser encontrado aqui para maiores detalhes: Ubuntu Help Java

2008

Instalando o VMware-player no Ubuntu 8.04

O VMware-player é um programa de virtualização disponibilizado pela VMware. Este tipo de aplicação permite executar máquinas virtuais dentro do seu sistema operativo principal. Na prática, permite por exemplo executar um sistema operativo Windows XP ou MAC OSX dentro de um Ubuntu Linux ou o contrário. No site da VMware também estão disponíveis várias máquinas virtuais pré configuradas com sistemas operativos e aplicações. A maioria destes recursos são disponibilizados pela comunidade de utilizadores. A aplicação e interesse das soluções de virtualização é muito vasta e vai desde o uso amador para aprendizagem e estudo de sistemas operativos, até ao uso e aplicação puramente profissional. Uma alternativa ao VMware é o VirtualBox que se encontra disponível nos repositórios para Ubuntu. No entanto o VirtualBox demonstrou não funcionar tão bem num ou noutro caso e por isso eu tenho os dois programas instalados. Utilizo preferêncialmente o VirtualBox e nos casos em que seja necessário, uso o VMware. Neste artigo irei explicar como instalar o VMware-player num sistema Ubuntu Linux 8.04. Infelizmente até à data não encontrei nenhum repositório para Ubuntu 8.04 com o VMware-player, ao contrário do que acontecia em anteriores versões do Ubuntu (7.10 por exemplo). Com o uso dos repositórios, a instalação do VMware seria uma trivialidade e por isso neste artigo irei explicar passo a passo como instalar o VMware-player no Ubuntu 8.04 de um modo que penso irá funcionar em qualquer outra distribuição Debian based. Obtendo o VMware-player Pode obter o programa pelo endereço http://www.vmware.com/download/player/ que requer registo. Entretanto deixo as ligações que me permitiram obter o programa: (estas ligações podem vir a ser canceladas) : - Arquitectura 32 bit: http://download3.vmware.com/software/vmplayer/VMware-player-2.0.4-93057.... - Arquitectura 64 bit: http://download3.vmware.com/software/vmplayer/VMware-player-2.0.4-93057.... Instalando Vamos começar por descompactar o programa obtido. Por exemplo, com o comando: tar zxvf VMware-player-2.0.4-93057.i386.tar.gz De seguida passemos à instalação sudo aptitude -P install build-essential linux-kernel-headers linux-kernel-devel kernel-source sudo ./vmware-player-distrib/vmware-install.pl Aceite ou ajuste as várias questões e opções apresentadas. Ao fim de alguns minutos terá o seu Vmware-player e pronto a ser utilizado. Para o iniciar, procure pelo programa nos menus (Aplicações > Ferramentas de sistema) ou simplesmente execute: vmplayer Conclusão Se tudo correu bem até aqui, então tem com o VMware-player operacional. Precisa agora obter appliances prontas a serem utilizadas no Vmware. Aqui fica uma lista de locais onde os pode obter: http://www.thoughtpolice.co.uk/vmware/ http://www.vmware.com/appliances/ http://www.reactos.org/pt/download.html

Eu amo a ultima versao Wubi. | Meio Bit

(via)
Eu amo a ultima versão Wubi. 29/04/2008 - 12:07 Adorei o que implementaram: Wubi agora baixa a ISO e rebaixa para verificar. Não seria mais fácil usar MD5 para verificar a integridade? Isso é só aqui, ou todo mundo tá com esse problema? (ah, to sem drive de DVD/CD, uma vez que eu arrebentei o flat ontem.. =)

Wubi = Ubuntu Windows « [email protected] ideas

(via)
http://wubi-installer.org/ “Está farto do Windows? Gostava de experimentar o Linux (neste caso o Ubuntu) sem ter que se preocupar com a criação de partições no disco, ou de fazer o resize da actual partição do Windows para instalar o Ubuntu? Agora é possível, e é tão fácil como instalar e remover uma aplicação no Windows… funciona às mil maravilhas. Wubi é o seu nome. E é tão simples e ao mesmo tempo fabuloso. O Wubi permite que se instale o Ubuntu (ou o Kubuntu, Edubuntu, Xubuntu) tal como qualquer aplicação do Windows, e cria uma entrada nova do menu de boot to seu PC com a opção para correr o Ubuntu. Nada de partições. Nada de complicações (para quem ache que criar e mexer em partições possa ser complicado). Para remover o Ubuntu, é tão simples como remover qualquer outra aplicação Windows. Mais simples que isto não há… Resumindo, o Wubi é: * Simples; * Seguro; * Discreto; * e Livre. É sem dúvida a forma mais simples de experimentar o Ubuntu.”

Wubi tambem funciona com parentes do Ubuntu - testado com o Kurumin NG

(via)
Wubi também funciona com parentes do Ubuntu - testado com o Kurumin NG “Primeiro um resumo sobre o Wubi: O Wubi (Ubuntu Installer for Windows) é um executável windows que permite instalar (e desinstalar) o Ubuntu dentro de uma partição windows, sem particionamento, e que agora vem incluído por default na versão 8.04. O processo de instalação é extremamente simplificado para usuários habituados ao Windows. Agora a dica em si. Se você tem uma iso ou cd de uma distribuição derivada do Ubuntu que não oferece um Wubi personalizado ainda, é possível usar o Wubi oficial do Ubuntu. Para isso, basta executar o Wubi com o parâmetro “–skipmd5check” na mesma pasta onde está o iso ou com o cd no drive. Aprendi isso lendo o WubiGuide, wiki do ubuntu: wiki.ubuntu.com/WubiGuide. É claro que para funcionar o sistema derivado tem de manter certa similaridade com o processo se instalação do Ubuntu, então não vá pensando que vai dar certo com qualquer um, ok? Eu testei isso com o Beta 2 do Kurumin NG. Veja o passo a passo: www.guiadohardware.net/comunidade/showpost/3706314.html”

wubi-installer

Wubi is an officially supported Ubuntu installer for Windows users that can bring you to the Linux world with a single click. Wubi allows you to install and uninstall Ubuntu as any other Windows application, in a simple and safe way. Are you curious about Linux and Ubuntu? Trying them out has never been easier!

2007

Heroine Virtual: Cinelerra

(via)
Movie studio in a Linux Box Heroine Virtual Ltd. presents an advanced content creation system for Linux. Cinelerra takes what normally is a boring server - studied in computer science classrooms, hidden in back offices - and turns it into a 50,000 watt flamethrower of multimedia editing.

Ubuntu 7.04 Beta | Ubuntu

(via)
Ubuntu 7.04 BETA The Ubuntu team is proud to announce the beta release of Ubuntu 7.04. Ubuntu 7.04 is the most user-friendly Ubuntu to date and includes a ground-breaking Windows migration assistant, excellent wireless networking support and improved multimedia support. Ubuntu 7.04 server edition adds support for hardware facilities that speed up the use of virtual machines as well as other improved hardware support, making it an excellent choice as a web, database, file and print server, the fastest growing area of Linux server use.

virtualbox downloads

by 2 others
VirtualBox binaries ¶ The VirtualBox binaries are available free of charge for personal and evaluation use. By downloading from the below links, you agree to the terms and conditions set forth by the VirtualBox Personal Use and Evaluation License (PUEL). VirtualBox 1.4.0 for Windows Hosts VirtualBox for OS X Hosts (Beta 1; Intel Macs only) VirtualBox 1.4.0 for Linux Hosts:

VirtualBox - VirtualBox

by 2 others
VirtualBox -- professional, flexible, open ¶ innotek VirtualBox is a general-purpose full virtualizer for x86 hardware. Targeted at server, desktop and embedded use, it is now the only professional-quality virtualization solution that is also Open Source Software. Some of the features of VirtualBox are: * Modularity. VirtualBox has an extremely modular design with well-defined internal programming interfaces and a client/server design. This makes it easy to control it from several interfaces at once: for example, you can start a virtual machine in a typical virtual machine GUI and then control that machine from the command line, or possibly remotely. VirtualBox also comes with a full Software Development Kit: even though it is Open Source Software, you don't have to hack the source to write a new interface for VirtualBox. * Virtual machine descriptions in XML. The configuration settings of virtual machines are stored entirely in XML and are independent of the local machines. Virtual machine definitions can therefore easily be ported to other computers. * Guest Additions for Windows and Linux. VirtualBox has special software that can be installed inside Windows and Linux virtual machines to improve performance and make integration much more seamless. Among the features provided by these Guest Additions are mouse pointer integration and arbitrary screen solutions (e.g. by resizing the guest window). A number of extra features are available with the full VirtualBox release only (see the "Editions" page for details): * Virtual USB Controllers. VirtualBox implements a virtual USB controller and allows you to connect arbitrary USB devices to your virtual machines without having to install device specific drivers on the host. * Remote Desktop Protocol. Unlike any other virtualization software, VirtualBox fully supports the standard Remote Desktop Protocol (RDP). A virtual machine can act as an RDP server, allowing you to "run" the virtual machine remotely on some thin client that merely displays the RDP data. * USB over RDP. With this unique feature, a virtual machine that acts as an RDP server can still access arbitrary USB devices that are connected on the RDP client. This way, a powerful server machine can virtualize a lot of thin clients that merely need to display RDP data and have USB devices plugged in. * Shared folders. Like many other virtualization solutions, for easy data exchange between hosts and guests, VirtualBox allows for declaring certain host directories as "shared folders", which can then be accessed from within virtual machines. Versions ¶ VirtualBox comes in different versions, depending on your needs. Please see the Editions page for details. Screenshots ¶ We have put together a small tour of the VirtualBox features on the Screenshots page. Press Coverage ¶ We maintain a link list to press articles about VirtualBox on the Press page.