public marks

PUBLIC MARKS from tadeufilippini with tags comando & "linux terminal"

18 October 2008 08:15

03 October 2008 05:45

GDH Press: Blog » Blog Archive » Linux: Uma introdução à linha de comando

Linux: Uma introdução à linha de comando outubro 2, 2008 – 2:55 pm No início, todos os sistemas operacionais usavam interfaces de modo texto, já que elas são uma forma simples de aceitar comandos e exibir os resultados, mesmo em máquinas com poucos recursos. Antes do Windows, existiu o DOS e, antes do KDE, Gnome e todas as outras interfaces que temos atualmente, o Linux tinha também apenas uma interface de modo texto. Mesmo com toda a evolução com relação às interfaces e aos utilitários de configuração gráficos, o bom e velho terminal continua prestando bons serviços. O grande atrativo do terminal é que, com exceção de alguns poucos aplicativos específicos, os comandos do terminal são sempre os mesmos. Isso faz com que ele seja um porto seguro, com o qual você pode contar, sem importar se você está no Ubuntu ou no Slackware. O terminal é também a forma mais natural de “conversar” com o sistema, sempre que você precisa de qualquer coisa além do arroz com feijão. Por exemplo, imagine que você precisa mover todos os arquivos com extensão .jpg (em uma pasta com muitos arquivos para outra. Em vez de precisar mover um por um, ou fazer algum malabarismo com a ordem de exibição dos arquivos (para organizar a exibição com base na extensão dos arquivos e poder assim selecionar todos os .jpg com o mouse), você poderia simplesmente abrir o terminal e digitar: